As tendências digitais do verão

Jordan Rost, Brad Johnsmeyer, Allison Mooney Mar 2015 Busca, Tendências de Consumo, Viagens e Turismo

As pessoas estão constantemente conectadas e utilizando as ferramentas de busca para acessar informações. Mas quais são as principais pesquisas realizadas durante o verão? O Google analisou o comportamento dos internautas durante os meses mais quentes do ano. Confira as tendências digitais desta estação e conheça as oportunidades para a estratégia da sua marca.

O comportamento digital acompanha as estações do ano. Durante o verão, por exemplo, as pessoas pesquisam termos como “receitas” e “hotel”, além de se preocupar com o “bronzeado” e as “queimaduras de sol”. E isso com muito mais frequência por meio dos dispositivos mobile. O Google analisou o comportamento dos internautas para ver o que está em alta no verão (além da temperatura, é claro). Confira as palavras mais pesquisadas, bem como as tendências que criam oportunidades para o seu negócio.

1. Receitas e hotéis esquentam as buscas nos dispositivos móveis

As pessoas estão mais predispostas a usar um dispositivo móvel para acessar a internet nos meses de verão do que em outras estações. Não importa se estão viajando, descansando na praia ou fazendo um churrasco no jardim. A participação de buscas em dispositivos móveis aumenta 44% ao ano. Uma tendência nesse período é de as pessoas pesquisarem por “receitas” através dos seus dispositivos móveis. Outra palavra que se destaca nas buscas é “hotel”.

Participação de buscas por “receitas” em dispositivos móveis

Bbq To Burns Summer Trends

Participação de buscas por “hotéis” em dispositivos móveis

Bbq To Burns Summer Trends

Durante esta temporada de viagens de verão, as buscas por hotéis aumentam. Os usuários procuram desde promoções a endereços de hotéis. Mesmo considerando que observamos uma mudança geral para os dispositivos móveis, esta ocorreu 86% mais rápido nos meses de verão do que em qualquer outro momento do ano passado.

2. As pessoas estão preocupadas com sol e queimaduras

O que as pessoas procuram quando a temperatura sobe? Um bom bronzeado, é claro. No início do verão, encontramos um aumento nas buscas por “bronzeadores”. Mas, conforme o clima vai esquentando, as pesquisas por “protetor solar” também crescem, seguidas de um grande número de buscas por “queimadura de sol”. No final da estação, os consumidores procuram por “aloe vera” para aliviar essas queimaduras.

A maneira como a jornada do consumidor ocorre através das buscas é fascinante – assim como as diferenças regionais. Nos Estados Unidos, as buscas no Google por “bronzeador” são mais populares no Kentucky, enquanto o Havaí lidera as buscas por “queimadura de sol” e “protetor solar”. Os californianos parecem ser os que mais cuidam da pele, buscando por “protetor solar” e “aloe vera” mais do que as pessoas em outros estados.

Buscas por bronzeador, queimadura de sol, protetor solar e aloe vera

 

bbq-to-burns-summer-trends_articles_03

3. Jogar games torna-se um hábito diário no verão

Visualizações de conteúdo no YouTube sobre games, como trailers e passo a passo sobre jogos, aumentam no verão. O mais interessante é o quando. Durante o ano escolar, as visualizações de conteúdo sobre jogos chegam ao ápice nos finais de semana. Mas quando as crianças estão de férias, o conteúdo é assistido de maneira muito mais consistente durante a semana.

Média de visualizações de conteúdo de games no YouTube

 

bbq-to-burns-summer-trends_articles_04

Cada estação do ano traz dinâmicas interessantes e específicas de mercado que as marcas precisam considerar. Analise os dados para descobrir tendências sazonais na sua categoria enquanto você fica de olho em mudanças de comportamento ainda mais amplas. Desenvolva uma estratégia baseada no que está observando, mas permita alguma flexibilidade para se adaptar conforme forem surgindo as novas oportunidades.

As análises foram realizadas pelos executivos Jordan Rost e Brad Johnsmeyer, analistas de marketing do Google, e Allison Mooney, redatora do Think with Google US e diretora de tendências e insights do Google.

Black Friday 2017: você já definiu sua estratégia?