Mais rapidez, mais conversão: como a performance trouxe resultados para a ClickBus

Criar uma experiência mobile simples e rápida para os usuários não é apenas uma questão de performance: essa é também uma maneira de alavancar resultados. Foi isso que a ClickBus, maior plataforma online de compra de passagens de ônibus do Brasil, conseguiu depois de dar maior velocidade à versão mobile do seu site, usando a tecnologia AMP.

Navegação lenta, usuários em fuga

O ônibus é uma das maneiras mais usadas pelo brasileiro para viajar: assim foram feitas 38,2% das viagens no país em 2017, pouco atrás dos carros, com 39,5%1. E em 2018, mais de 65% das buscas por viagens de ônibus no Brasil foram feitas em aparelhos móveis. Isso dá uma ideia da importância dos smartphones nesse mercado: oferecer uma conexão lenta é um caminho quase certo para afastar usuários e, por consequência, perder conversão.

Para enfrentar esse problema, a ClickBus fez uma combinação entre a tecnologia Accelerated Mobile Pages (AMP), que reduziu o tempo de carregamento do site mobile, com o Google Ads, que possibilitou testar, medir e entregar as melhorias na navegação.

O AMP é uma biblioteca de código aberto que proporciona, de maneira simples, a criação de sites, anúncios, stories e e-mails com carregamento quase instantâneo. Tendo o foco no usuário, essa tecnologia aproveita as habilidades e estruturas já existentes para criar páginas super-rápidas, que podem ser vinculadas e controladas pelo proprietário do site.

Também é possível direcionar os cliques das campanhas de Google Search para essas páginas velozes, especificando uma URL mobile específica. As AMP estão em evolução constante, se expandindo para além do conteúdo e criando novas funcionalidades, tanto para sites quanto para outros produtos, como anúncios AMP que carregam rapidamente, o AMP Stories - um formato imersivo e visual para storytelling - e o AMP para E-mail.

Rapidez testada e aprovada

Mais rapidez, mais conversão: como a performance trouxe resultados para a ClickBus

Simulação de acesso na homepage normal vs. AMP Cache, via ferramenta WebPageTest

Na Clickbus, foi implementado um template modular AMP para a homepage do site. Isso levou a uma redução de 80% no peso das páginas, e o carregamento da homepage ficou 76% mais rápido, passando de 9,8 s para 2,3 s, segundo o Google Analytics. Depois disso, o Google Ads foi usado para fazer testes A/B entre a página AMP e a convencional.

Mais rapidez, mais conversão: como a performance trouxe resultados para a ClickBus

O resultado desse trabalho foi que, entre branded users, a ClickBus aumentou sua taxa de conversão em 11% e viu uma redução do bounce rate de 58%. Além disso, houve um crescimento de 15% na venda de passagens no site móvel depois da adoção das páginas AMP. No total, 64% da receita gerada pela ClickBus na homepage já vem desta página mais rápida.

O case da ClickBus fez tanto sucesso que venceu o AMP Hackathon, primeira maratona de programação feita no Google Brasil voltada para a tecnologia, em julho de 2018.


“Com um site mais rápido, podemos oferecer uma melhor experiência para os nossos usuários, que estão mais felizes e mais dispostos a comprar.”

– Diego Roiuk, Diretor de Produtos do ClickBus


“Com o aumento constante do uso de smartphones navegando na internet, focar em soluções mobile como o AMP era um passo natural”, diz Diego Roiuk, Diretor de Produtos da ClickBus. “Os resultados superaram as expectativas e confirmaram que, com um site mais rápido, podemos oferecer uma melhor experiência para os nossos usuários, que estão mais felizes e mais dispostos a comprar.”

A estratégia da ClickBus prova que o AMP é mais que uma prática puramente de performance, como é vista por grande parte do mercado. Esse é um exemplo de como marcas e empresas, lidando com públicos mais e mais mobile, podem ter no desempenho um instrumento para trazer grandes resultados de venda e impacto real de negócio.

10 previsões globais para o marketing digital em 2019