Quais as questões relevantes para alguém que quer vender um imóvel hoje em dia? E pra quem quer comprar? Isso deve estar no radar não só de corretores e financiadoras, mas também das marcas de bens de consumo, varejistas, prestadores de serviço, entre outros. Confira insights extraídos do Google e do YouTube para se apropriar dessas tendências com assertividade.

Escrito por
Jenny Fernandez , Allison Mooney , Brad Johnsmeyer
Publicado
Agosto 2014
Tópicos

Faz parte da rotina das pessoas a busca no Google para tirar uma dúvida sobre determinado assunto, pesquisar uma receita de sobremesa ou até mesmo procurar um imóvel para comprar. Isso mesmo, cada vez mais as pessoas buscam na internet a melhor oferta de casas e apartamentos e, em muitos casos, fazem isso do próprio celular. Analisamos dados do Google e do YouTube para ajudar as marcas a extrair insights e aplicá-los. Elaboramos também um infográfico para você entender quais são as tendências que podem criar estratégias para o seu negócio.

Dentre as características da busca por um imóvel na web está o longo tempo entre a pesquisa e a efetivação da compra. Metade das pessoas inicia a busca formal por imóveis com 6 a 12 meses de antecedência, considerando que 75% dessas mesmas pessoas iniciam a busca um ano antes.

Até aqui não há novidade, pois não surpreende que as pessoas dediquem bastante tempo de pesquisa na compra de um imóvel, sendo um investimento tão importante.

Mas o que descobrimos a partir dos dados do Google é que essa busca ocorre, em muitos casos, paralelamente a outros momentos cheios de significado. Por exemplo, as pessoas que buscam por imóveis estão cinco vezes mais propensas a pesquisar sobre “planejamento de aposentadoria”, e até quatro vezes mais dispostas a buscar sobre “cuidado infantil”.

Esses consumidores estão lidando com diversas mudanças, e é neste momento que os hábitos de compra e fidelidade de marca modificam consideravelmente. As pessoas irão adquirir coisas que nunca compraram ou, até mesmo, nem sabiam que existiam.

Os Millennials já estão de olho nos imóveis

Segundo a pesquisa Google do Consumidor, as pessoas com idade entre 18 e 34 anos, os chamados Millennials, estão duas vezes mais propensos a dizer “sim” quando perguntados se planejam comprar uma casa no próximo ano. Isso em comparação ao grupo de 35 a 54 anos.

Cada vez mais os Millennials utilizam a internet para encontrar o imóvel dos sonhos: de maio de 2013 a julho de 2014 a busca na web cresceu 30% e a utilização de dispositivos móveis para esse tipo de pesquisa aumentou 81% no mesmo período, de acordo com os dados da comScore Media-Metrix.

Esse grupo demográfico não está apenas mais propenso a utilizar a web na sua busca, mas também a passar mais tempo pesquisando a compra. Quando questionados sobre a antecedência de uma compra, eles dizem planejar a busca formal, 83% das pessoas entre 18 e 34 anos responderam “mais de seis meses antes” (versus 73% daqueles que têm mais de 35 anos). Eles também têm prioridades diferentes. Em comparação a outros compradores, os Millennials se preocupam mais com aspectos como bairro e escola próximos ao imóvel, de acordo com uma pesquisa da Move.com.

Seis insights que precisam fazer parte da sua estratégia de marca

As pessoas que buscam imóveis estão lidando com diversas mudanças na vida, com isso, os hábitos de compra e fidelidade também estão em transformação. É muito importante as marcas saberem onde esses consumidores estão e o que estão procurando, para, depois, impactar de acordo com a necessidade.

1. Todo ano, as buscas por termos relacionados a imóveis nos Estados Unidos chegam ao ápice em julho. Esteja pronto para atender a esse aumento sazonal de demanda. Mas lembre de impactar seus consumidores durante todo o processo através de remarketing.

2. Os Millennials provavelmente farão a entrada no mercado imobiliário em um futuro próximo. Entenda as preocupações desse público e atinja-os com mensagens relevantes.

3. Mais pessoas (especialmente os Millennials) estão recorrendo aos seus dispositivos móveis durante o processo de compra, desde as pesquisas até as opções de financiamento. Ajude-os a encontrar o que estão procurando através de anúncios móveis e extensões, como localização e facilidade de contato.

4. Casas pequenas estão se tornando uma opção interessante, até para compradores de alta renda. Pense como você pode atingir esse mercado em crescimento. Explore os dados das buscas para aprender o que mais interessa a esses consumidores e utilize-os para desenvolver oportunidades de marketing, promoções e compras de mídia.

5. Enquanto as pessoas buscam imóveis, elas também estão pesquisando ideias de decoração, normalmente recorrendo aos vídeos como inspiração. Faça vídeos de tour no YouTube para proporcionar fácil acesso e conhecimento aos usuários.

6. Vintage é a tendência de decoração do momento. Ajude as pessoas a conseguirem aquele estilo retrô e exclusivo com produtos e conteúdos produzidos por você.

Baixe o infográfico para entender quais são as decorações e as categorias de imóveis mais buscadas, além de insights para criar estratégias para o seu negócio.