A Nissan descobriu uma forma de coletar informações detalhadas sobre as preferências de produtos (como categoria, modelo e cor do carro) usando o acompanhamento de comércio eletrônico do Google Analytics, mesmo sem a realização de transações por comércio eletrônico pelos visitantes. Ao analisar essas informações, a Divisão de estratégia de marketing global da Nissan pode descobrir quais veículos estão sob maior demanda e tomar decisões mais adequadas para cada mercado local. Essas informações possibilitaram tomar decisões rápidas quanto a atividades empresariais críticas e facilitaram a otimização do website.

Metas

  • Conseguir entender melhor as preferências de produto do público-alvo
  • Tomar decisões fundamentadas quanto ao atendimento da demanda, localmente

Metodologia

  • Adicionaram tags de acompanhamento de comércio eletrônico
  • Implementaram relatórios personalizados para facilitar o compartilhamento de conhecimento

Resultados

  • Os relatórios de visão geral permitem tomar decisões mais rápidas e mais precisas
Publicado
Janeiro 2012
Tópicos

Preparando os motores. A Nissan Motor Company é proprietária de uma rede de websites em todo o mundo que ajuda os consumidores a decidir qual veículo da Nissan eles gostariam de comprar. Nesses sites, o visitante pode explorar os produtos e serviços, fazer download de versões de materiais promocionais e fazer a reserva para realizar um test drive.

Dando a partida

Embora a implementação do Google Analytics tradicional para um site que não realiza comércio eletrônico use simplesmente metas para avaliar as conversões, a Nissan queria acesso a muito mais detalhes (como preferências dos usuários quanto ao tipo, modelo e cor do carro) para poder analisar mais informações sobre cada questão em seus relatórios do Google Analytics e tomar decisões mais fundamentadas quanto a alocação do estoque nos mercados locais.

O recurso de acompanhamento de comércio eletrônico do Google Analytics é uma ferramenta eficiente de avaliação para aqueles que administram seu comércio on-line, mas a Nissan descobriu uma forma inovadora de acompanhar suas atividades fora do comércio eletrônico. A abordagem é incrivelmente direta. Quando um visitante solicita um test drive ou catálogo é convidado a preencher um formulário que inclui não apenas detalhes de contato, mas também o veículo no qual têm interesse (inclusive categoria, modelo e cor). A Nissan simplesmente coloca uma tag de comércio eletrônico na página de agradecimento exibida depois que o usuário preenche um formulário de solicitação de catálogo ou test drive, o que permite capturar as informações sobre preferência de produto.

Pronto para rodar

Ao analisar os relatórios resultantes, a Divisão de estratégia de marketing global da Nissan descobre quais veículos estão sob maior demanda e pode tomar decisões personalizadas para cada mercado local. Essas informações permitiram tomar decisões rápidas em relação a atividades empresariais críticas e facilitaram a otimização do website.

Para facilitar a disseminação das informações, a Nissan usa os relatórios personalizados e a configuração de perfil flexível do Google Analytics. A Ayudante Inc., parceira certificada do Google, contribuiu com conhecimento e orientação sobre a otimização desses recursos. Como resultado, a Nissan conseguiu descentralizar o acesso a suas diferentes operações de mercado. E, embora a Divisão de estratégia de marketing global possa rapidamente verificar os resultados globais, o gerente de cada país também pode verificar os resultados de seu próprio país de forma resumida para avaliar rapidamente a popularidade dos modelos em uma região específica.

Para a Nissan, as vantagens de usar o Google Analytics dessa forma foram significativas. Apesar de a experiência do usuário permanecer plena e não ser necessário usar configurações complexas, agora ficou fácil avaliar a popularidade do produto globalmente e por mercado. Os relatórios personalizados permitem que a Nissan analise facilmente informações complexas de forma rápida, reduzindo substancialmente o tempo para resumir vários relatórios, documentar as descobertas e compartilhar essas informações dentro da organização. Por fim, o Google Analytics confere à Nissan acesso a informações convenientes, que permitem tomar decisões mais precisas e que têm um efeito real sobre os resultados da empresa.