Chatbots: como a sua marca se comporta em uma conversa?

Chatbots: como a sua marca se comporta em uma conversa?

Com a ajuda de tecnologias como machine learning, vivemos um momento em que as máquinas já começam a entender nossas necessidades no dia a dia e nos ajudam ativamente a resolver problemas. Hoje, muito mais do que pensar mobile first, temos que pensar artificial intelligence first. Nessa coleção, Fabrício Teixeira, UX Design Director da R/GA, fala de como as interfaces conversacionais, ou chatbots, ajudam os consumidores e porque as marcas não devem esperar para embarcar nessa nova onda.