No Dia dos Namorados, veja como sua marca pode conversar com apaixonados de todos os perfis

Download

O amor está no ar no Dia dos Namorados – e isso vale para todos os tipos de relacionamento. Não só as pessoas que estão namorando vão atrás de presentes para os seus amados e amadas no dia 12 de junho: dados dos consumidores mostram que os casados, mesmo estando juntos há muito tempo, também encarnam os “eternos namorados” e buscam algo para dar às suas almas gêmeas nessa data.

Mas quais são os hábitos dessas pessoas quando compram os presentes de Dia dos Namorados? Será que o status de relacionamento tem alguma influência na hora de buscar um produto? Faz sentido pensar em uma campanha de eletrônicos nessa data, ou o ideal mesmo para ela são chocolates e flores? Vamos olhar para alguns dados que podem ajudar na estratégia da sua marca nesse momento tão marcante do ano.

Conhecendo melhor essas almas gêmeas

Uma enquete feita pelo Google junto a brasileiros conectados1 mostra que, de cada dez dessas pessoas, seis estão em algum tipo de relacionamento. Entre esses entrevistados, casados e namorados formam a maioria esmagadora. Outro dado interessante é que, entre os namorados, quase 80% estão em um relacionamento há menos de três anos, enquanto a grande maioria dos casados estão juntos há pelo menos cinco anos.

Em busca do presente perfeito

Quando chega a data, a maioria dos entrevistados, tanto namorados quanto casados, pensa em dar um mimo – ou algo mais do que isso – para seu parceiro ou parceira. E entre os que estão casados, vale a máxima dos “eternos namorados”: praticamente 50% pensa em dar pelo menos um presente para a pessoa com quem decidiu passar a vida junto.

Além de pesquisarem antes, sendo mais planejados, os namorados são mais ativos na busca pelos presentes. Eles também são mais generosos na quantidade de itens, mas os casados pretendem gastar mais na data – embora deixem a pesquisa para a última hora.

No momento de escolher o que presentear, o status do relacionamento também influencia.

COMO FLECHAR O CORAÇÃO DO SEU PÚBLICO?

Com esses dados em mãos, notamos que casados e namorados pertencem a dois perfis distintos de consumidor no Dia dos Namorados. Vamos ver como eles são:

Assim, aqui vão alguns insights para movimentar o Dia dos Namorados para a sua marca, levando em conta o status do relacionamento das pessoas que formam o seu público.

1 – Namoro em tempos online

O Dia dos Namorados é mais uma data especial em que o online marca uma presença forte na hora das compras. Uma grande fatia do público está de olho nos aplicativos e nos sites de e-commerce para adquirir os presentes para seu parceiro ou parceira. Outro sinal da importância da web é o aumento de downloads de apps na semana do Dia dos Namorados. Com isso, se sua marca dá importância ao Dia dos Namorados, aqui vai uma dica: suas plataformas online precisam estar funcionando a todo vapor, merecendo toda sua atenção.

Para os casados, a usabilidade é o fator mais importante nos sites de compra. Nos aplicativos, informações e/ou avaliações de produtos e novidades também têm peso. Já para os namorados, preço, promoções e descontos são os fatores mais relevantes nos sites, enquanto um conteúdo diferenciado para a data é o principal fator nos apps2.

2 – Quem ama também quer conveniência

Esse peso do e-commerce no Dia dos Namorados traz outra consequência: as pessoas querem o serviço mais conveniente possível. Ou seja, fatores como frete grátis e prazo de entrega são diferenciais para os casados escolherem o local de compra – já que eles levam menos tempo planejando e tomam mais decisões de última hora. Já para os namorados, a facilidade na troca e a flexibilidade no parcelamento fazem mais diferença3. Assim, é importante ter a conveniência em vista como atrativo para seu público.

3 – Construindo marca com casais plurais

Quando pensam no Dia dos Namorados, as pessoas lembram de marcas de vários setores: cosméticos, chocolates, eletrônicos e até artigos esportivos. No entanto, o varejo fica de fora4. É um fenômeno que acontece em outras datas especiais, como Dia das Mães, e que deixa, acima de tudo, uma oportunidade para construção de marca. Nesse sentido, uma maneira de ser eficiente é entender que, no Dia dos Namorados, o público espera ver campanhas mais inclusivas e plurais, representando casais de diferentes perfis e etnias

Vimos que o público do Dia dos Namorados é diverso, com hábitos de compra bem diferentes dependendo do status do relacionamento. Além disso, as pessoas esperam que as marcas criem diálogos mais diversificados, refletindo a pluralidade do mundo em que vive. Por isso, o caminho para sua estratégia é pensar em diálogos específicos, de acordo tanto com o setor da sua marca quanto com cada fatia do público, e tendo em vista que as pessoas querem ver comunicações mais abrangentes e plurais. Com essas ideias em mente, suas chances de criar conversas e conquistar os apaixonados só vão aumentar.

Conveniência virou sinônimo de mobile: veja como levar mais rapidez e praticidade ao seu app