YouTube Works Brasil 2020: como a parceria com criadores é estratégica para gerar bons resultados

Setembro de 2020

O YouTube Works é uma premiação que celebra a criatividade, a eficiência e a inovação por trás da criação de campanhas veiculadas na plataforma. O prêmio, que já teve edições nos EUA, Canadá, Reino Unido e Colômbia, estreia neste ano no Brasil em parceria com a Kantar.

O ecossistema do YouTube se apoia em 3 pilares: criadores, conteúdo e audiência. Juntos, esses elementos geram milhares de conversas que rendem debates, movimentos, transformações e empatia. E nesse universo, marcas têm feito parceria com criadores em busca de resultados.

Criadores, inovação e resultados de negócio

Os dados mostram como o YouTube pode ampliar e melhorar a qualidade da conversa com seu público. Hoje mais de 76% dos brasileiros conectados conhecem o termo “YouTuber”.1 E além de populares, eles influenciam bastante as decisões de quem está conectado. No ranking dos formadores de opinião, os criadores só ficam atrás da família e dos amigos.2

Esse poder de influência é um diferencial e tanto para marcas que buscam gerar uma conexão com sua audiência. Combinado ao fator "gente como a gente", os criadores têm o poder de transmitir uma mensagem mais autêntica para os mais diversos targets. Veja como a união entre marcas e YouTubers trouxe inovação, eficiência e resultados de negócio nas 3 campanhas finalistas da categoria Best Work With Creators:

Big & Tutorial (Wunderman Thompson em parceria com I-cherry e Mutato)

Atenta à mudança de consumo no setor de beauty, a AVON tinha um novo desafio: aumentar as vendas no seu e-commerce. Como? Os dados do YouTube dão uma pista: 79% dos consumidores de beleza acreditam que os reviews e tutoriais funcionam como um teste físico dos produtos e os ajudam a decidir o que comprar.3

Com essa missão, as equipes da Wunderman Thompson, I-cherry e Mutato uniram conteúdo, entretenimento, influenciadoras e vendas em um tutorial de 8 (!) horas no YouTube Estreias. Mais que inovador, esse formato desmistificou a ideia de que um vídeo de performance precisa ser rápido e objetivo. Contando com a presença de 4 importantes criadoras, Mari Maria, Magá Moura, Bruna Malheiros e Karen Bachini, a campanha conseguiu manter o engajamento ao longo das horas.

E como a estratégia funcionou? A cada hora da maratona make da AVON, uma influenciadora fazia uma maquiagem completa com um kit específico da marca. Para manter o target envolvido durante as 8 horas consecutivas e aumentar as vendas do e-commerce, os vídeos ofereciam ofertas exclusivas dos produtos usados em cada tutorial.

Dessa forma, a AVON conseguiu ir além do seu próprio target de consumidoras de 18 a 24 anos: a marca se comunicou de forma eficiente — e sem intermediários — com as bases de seguidores das criadoras.

Para além do salto de vendas no e-commerce, um dos aprendizados mais valiosos dessa experiência é que se o seu conteúdo engaja o público, é possível divulgar produtos e esforços de venda de forma natural, por meio de conversas autênticas e positivas.

YouTube Works Brasil 2020: como a parceria com criadores é estratégica para gerar bons resultados

Som do Silêncio (Artplan)

O Brasil é o 5º país com mais mortes violentas de mulheres.4 E para ajudar a mudar esse cenário e incentivar as denúncias no canal 180 – Central de Atendimento à Mulher –, o time criativo da Artplan lançou a campanha #vctemvoz.

A estratégia foi inventiva: Simone e Simaria, dupla com mais de 9 milhões de seguidores no YouTube, anunciou em seu próprio canal o lançamento de um novo videoclipe. Na manhã do dia 25 de novembro, Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher, a música foi ao ar com um detalhe: era possível ouvir o arranjo da música, mas a voz das cantoras, não.

Somente depois de um buzz inicial, impulsionado pelo conteúdo de outras influencers que também foram parceiras da campanha — como Taciele Alcolea, Mari Maria e Fabíola Melo —, que o videoclipe completo, com a voz das cantoras, invadiu as redes sociais e até mesmo programas de televisão. A letra explicava: “Eu não calo a minha voz, vou gritar por todas nós”.

A união entre marca, YouTube e criadoras foi fundamental para a visibilidade e aderência da campanha. Os números mostram:

YouTube Works Brasil 2020: como a parceria com criadores é estratégica para gerar bons resultados

YouDonors (WMcCann)

As ONGs têm um importante papel: comunicar sua atuação e buscar novos doadores. Neste cenário, a grande barreira é construir essa percepção a custo zero. Com esse desafio, a equipe da WMcCann, junto com o time de atendimento do YouTube, procurou criadores capazes de topar uma missão: doar vídeos que “não eram mais usados”. A ideia foi: o YouTuber participante deveria publicar um vídeo dizendo que tinha muitos outros vídeos “sobrando” e que, por isso, decidiu doar um deles para o Exército de Salvação, deixando claro que toda a renda arrecadada com os views daquele vídeo seria doada.

Para funcionar, o projeto precisaria da adesão de importantes influenciadores. E deu certo quando o Porta dos Fundos — um dos maiores canais do YouTube no mundo, com mais de 16 milhões de inscritos — topou o desafio. Em seguida, nomes como Parafernalha, Finanças Femininas, Coisa de Nerd e Cozinha do Bom Gosto também se juntaram à causa.

YouTube Works Brasil 2020: como a parceria com criadores é estratégica para gerar bons resultados

Além de arrecadar fundos, a doação de vídeos serviu como exemplo para inspirar milhões de seguidores a doarem para o Exército de Salvação. E a campanha viralizou. A cocriação de conteúdo com Criadores foi vital para essa estratégia. E os resultados foram os melhores possíveis: a conversão de um investimento zero em uma campanha sólida, mídia espontânea para além do YouTube e, principalmente, o aumento de doações para o Exército da Salvação.

YouTube Works Brasil 2020: como a parceria com criadores é estratégica para gerar bons resultados

Premiação

Os ganhadores das 5 categorias do YouTube Works Brasil serão anunciados em uma cerimônia online no dia 09 de setembro. A festa, que será transmitida pelo YouTube, irá reunir, de forma virtual, ganhadores e sua audiência. Vale lembrar que o grande júri que analisou as campanhas foi formado por executivos do mercado, como Poliana Souza (Coca-Cola), Sergio Gordilho (Africa), João Branco (McDonald’s), Stella Brant (Liv Up), Felipe Ramirez (Kantar) e outros profissionais de marketing e de agências. Saiba mais no site oficial da premiação.

YouTube Works Brasil 2020: como a eficiência criativa foi decisiva na conquista de resultados de negócio