Sabor sem Medidas

O prazer de cozinhar reúne milhares de pessoas no fogão, à mesa e na tela do YouTube. E não tem receita secreta quando a informação é o ingrediente mais compartilhado.

É muita fome de conhecimento.

 

44 milhões de consumidores se interessam por gastronomia no digital.

FONTE: COMSCORE E FORRESTER RESEARCH – MAIO DE 2017.

68% dos brasileiros com acesso à internet assistem a conteúdos de gastronomia no YouTube.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS SOBRE CONSUMO DE CONTEÚDOS EM VÍDEO ENTRE BRASILEIROS ONLINE – AMOSTRA: BRASILEIROS COM ACESSO À INTERNET (5.450 ENTREVISTAS) – MAIO DE 2017.

demo gast

Cozinhar cabe em qualquer lugar.

72% das visualizações são na tela do celular.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – MARÇO DE 2017.

E eles também estão colocando a mão na massa.

4 em cada 10 consumidores são homens.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Os jovens ocupam a maioria das bancadas.

66% têm entre 18 e 34 anos.

25% têm 35 anos ou mais.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

gastro2

Mas a cozinha do YouTube tem ficado mais madura.

20% é o crescimento dos usuários acima de 35 anos desde 2016.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Porque o conhecimento alimenta a alma.

90% têm ensino médio ou superior completo.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

E com o YouTube, a gastronomia tem valor pra todo mundo.

17% são da classe A.

53% da classe B.

30% da classe C.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Quem tem fome procura. E quem procura acha.

14 milhões de consumidores acessam 1 ou mais vezes por dia conteúdos de gastronomia no YouTube.

Menos da metade (6 milhões) acessa em outras plataformas.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Senhoras e senhores, temos um vencedor:

Bolo é a categoria mais buscada.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – JANEIRO A MARÇO DE 2017.

gastro3

Depois do bolo, a galera do YouTube tem mais fome de:

Chocolate

Torta

Pudim

Pizza

Pipoca

Lasanha

Churrasco

Chiclete

Biscoito

Omelete

Mousse

Hambúrguer

Strogonoff

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – JANEIRO A MARÇO DE 2017.

Dá gosto entrar nessa cozinha.

44% costumam cozinhar cerca de uma vez por dia ou mais.

31% costumam cozinhar algumas vezes por semana.

60% costumam cozinhar tanto nos dias da semana quanto nos fins de semana.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Pra socorrer a larica, pra impressionar os convidados ou só pra salivar mesmo.

53% cozinham no dia a dia, para a família.

17% cozinham no dia a dia somente para si mesmos.

19% cozinham em situações especiais, como festas e churrascos.

9% nem cozinham, mas amam gastronomia e assistem a programas que têm a ver com este universo.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Pra agradar a metade da laranja ou pra juntar a família, não importa: comer acompanhado faz toda a diferença.

50% cozinham para o parceiro.

61% cozinham para a família ou parentes.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Diz-me como flambas e direi que tipo de cozinheiro és.

Dos consumidores de Gastronomia no YouTube:

5% são crus na arte de cozinhar (não sabem fazer nada).

34% são mal passados (fazem apenas o básico).

43% são ao ponto (fazem comidas essenciais e as mais famosas).

16% são bem passados (fazem coisas inimagináveis e estão sempre criando coisas novas).

2% são chefs (profissionais do ramo da culinária).

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Esse prazer invade todos os tipos de refeição, mas o almoço e o jantar ainda dão mais água na boca.

74% cozinham para o almoço.

66% para o jantar.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Não à toa, receitas tipo arroz com feijão dominam as buscas.

80% das buscas são por receitas tradicionais.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – JANEIRO A MARÇO DE 2017.

O naked cake de 5 andares faz o olho brilhar, mas muita gente também manda bem no básico.

49% fazem pratos práticos/simples.

42% fazem pratos dependendo da ocasião.

8% fazem pratos mais elaborados.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

É que, da torradinha ao menu gourmet, aqui tudo fica mais fácil e gostoso.

42% acreditam que o YouTube é o melhor lugar para encontrar receitas simples/práticas e para aprender a cozinhar comida do dia a dia.

4 em cada 10 consumidores assistem a receitas fáceis de fazer, mas com paladar/ingredientes mais sofisticados.

Isso é 3,8x mais que em TV paga e 2x mais que em redes sociais.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Não importa o tipo de refeição: no YouTube, o prazer é o convidado especial.

51% consideram cozinhar um momento de prazer/divertimento.

31% afirmam que é uma vontade.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017. 

gastro4

Play. Pausa. Anota. Play de novo. Salvar. Cada um tem um jeitinho de mastigar a informação.

Metade dos consumidores de Gastronomia no YouTube assiste a mais de um vídeo sobre a mesma receita para decidir qual utilizar.

33% assistem aos vídeos enquanto cozinham.

32% anotam as receitas para fazer depois.

32% favoritam ou salvam as receitas que mais interessam.

27% assistem e resgatam o vídeo quando a ocasião surge.

21% memorizam o conteúdo.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Viajando pelos vídeos, a gastronomia nos convida a conhecer outras culturas.

2 em cada 10 consumidores de Gastronomia no YouTube assistem a vídeos de receitas de diferentes países/culturas/regiões.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Só a Itália e a lasanha da nonna? Nananinanão.

556% maior é o interesse pela culinária japonesa.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – MARÇO DE 2017.

O fogão também alimenta o convívio com as pessoas queridas.

22% definem cozinhar como um momento de estar com os amigos.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

A nostalgia e as memórias afetivas são o tempero secreto de muitos pratos.

33% dos consumidores buscam fazer comidas que relembrem momentos e tradições de sua família e/ou cultura.

34% preferem receitas de pratos tradicionais ou com “gostinho de comida da vovó”.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

E cozinhar é uma necessidade para quem quer segurar gastos ou tirar uma grana extra.

163% foi o crescimento das buscas por vídeos para preparo de comida congelada e marmita.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – MARÇO DE 2017.

81% foi o crescimento das receitas para “vender”.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – JANEIRO DE 2017.

A gastronomia deixa as datas especiais com um sabor mais especial ainda.

1 em cada 10 consumidores de conteúdos de Gastronomia coloca a mão na massa com a chegada do Dia das Mães, dos Namorados e do Natal.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Só mesmo a Páscoa para desbancar o reinado dos bolos.

As buscas por doces e chocolates ultrapassam as buscas por bolo, que é a maior durante todo o ano.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – ABRIL DE 2017.

Mas é no Natal que a cozinha se diversifica.

As receitas mais buscadas são:

Arroz

Bolinho de Bacalhau

Bolo de Natal

Cheesecake

Chester

Farofa de Natal

Panetone

Pavê

Peru

Pudim

Rabanada

Receitas de Natal

Salada

Salpicão

Sobremesa de Natal

Tender

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – NOVEMBRO A DEZEMBRO DE 2016.

Feriado ou só uma visita especial dos amigos? Não importa. A ocasião faz a fartura da mesa.

E os anfitriões sabem a quem recorrer para surpreender os convidados.

5 em cada 10 consumidores preferem o YouTube para encontrar sua receita perfeita.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Porque o YouTube é o lugar preferido para a galera se informar sobre gastronomia.

2,6x mais que TV aberta.

1,7x mais que redes sociais.

1,7x mais que TV paga.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA EM TODAS AS PLATAFORMAS – MAIO DE 2017.

gastro8

O chef de todas as cozinhas.

66% dos consumidores de conteúdos relacionados à gastronomia costumam assistir vídeos sobre o tema no YouTube e 1 em cada 3 dizem que o YouTube é o lugar onde assistem a vídeos sobre o tema com maior frequência:

2,1x mais que em TV aberta.

1,7x mais que em TV paga.

1,3x mais que em redes sociais.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA EM TODAS AS PLATAFORMAS – MAIO DE 2017.

Caneta e papel pra anotar

Caneta e papel pra anotar a receita da TV são coisas do passado. Os vídeos facilitam qualquer passo a passo. E o YouTube é o caderninho de receitas favorito desses consumidores.

1,7x mais do que em TV paga é quanto os consumidores de conteúdo de Gastronomia assistem a vídeos de receitas no YouTube.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

É o cardápio mais completo para a jornada de prazer que é a gastronomia...

46% acreditam que o YouTube é o lugar para aprender a cozinhar todos os tipos de receita e comida.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

...e o mais visualizado:

3x mais que TV paga.

3x mais que a maior rede social.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

gastro5

É sabor garantido...

44% acreditam que o YouTube é o melhor lugar para encontrar conteúdo sobre Gastronomia e Receitas.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

…e inigualável.

3x mais que a maior rede social.

2,6x mais que TV paga.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Anota aí: 1 desejo, 1 zilhão de receitas, 1 único lugar

4 em cada 10 consumidores consideram o YouTube o primeiro lugar quando pensam em conteúdo sobre Gastronomia e Receitas.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Isso é 2,8x mais que TV paga e que a maior rede social.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

gastro7

Ok, agora precisamos falar sobre a dificuldade que é fazer uma massa folhada. Sabe o que não pode faltar? Técnica.

42% acreditam que o YouTube é um lugar onde conseguem aprender técnicas de cozinha.

Isso é 3,8x mais que em TV paga e 3x mais que na maior rede social.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Parece que já tem muita gente querendo se tornar um cozinheiro melhor.

21% assistem a vídeos sobre técnicas de culinária.

16% sobre ingredientes e matéria-prima.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

E se tiver alguma dúvida, no YouTube dá pra falar direto com o dono da receita.

Metade dos consumidores acredita que o YouTube permite interagir com os criadores dos vídeos.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Chuchu, aspargo, brócolis, batata-doce. Cada um tem seu jeitinho particular de cair na panela.

25% foi o aumento nas buscas por ingredientes.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – JANEIRO DE 2017.

Porque ingrediente errado ou estragado pode acabar com qualquer receita.

53% foi o aumento nas buscas por “quanto tempo duram” diferentes ingredientes.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – JANEIRO DE 2017.

E esse tal de fouet? É pavê, pa cumê ou pa usá?

307% foi quanto cresceram as buscas por “como usar” utensílios de cozinha em 2017.

E o aumento nas buscas por vídeos sobre esses utensílios foi de 61%.

FONTE: DADOS INTERNOS GOOGLE – JANEIRO A MARÇO DE 2017 VS. JANEIRO A MARÇO DE 2016.

Ingredientes e utensílios em ação: a gente também descobre como fazer no YouTube.

56% dos consumidores assistem aos modos de preparo e dicas.

43% assistem às receitas sendo preparadas.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

gastro6

E o que mais a galera gosta de assistir?

19% assistem a canais de chefs.

16% assistem a reality shows de gastronomia.

11% assistem a YouTubers.

14% assistem a demonstração de produtos.

10% assistem a documentários sobre o tema.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Pronto. O jantar já pode ser servido.

Acha que acabou? Não. Até nessa hora eles dão o play por aqui.

36% dos consumidores gostam de ver vídeos que mostram a apresentação visual do prato e a decoração da mesa.

FONTE: PESQUISA GOOGLE E REDS COM CONSUMIDORES DE GASTRONOMIA NO YOUTUBE – MAIO DE 2017.

Outros insights

Música

Gastronomia

Gaming

Moda e Beleza

Futebol

Gaming