Moda & Beleza no YouTube

A beleza saiu do armário vestida de diversidade e inclusão. Vai além da aparência e se mostra mais humana do que nunca.

 

Tem perfume de revolução no ar, feita com coragem, batom e bigode.

Tá na hora de encarar o espelho e a câmera com um olhar renovado pra própria identidade. São mulheres negras, mães, gordinhas, trans. E são homens também. Porque beleza é assunto para todos, sem exceção e sem timidez.

E é no YouTube que os criadores e seguidores se reconhecem. É onde encontram o reflexo das suas verdades. Ou melhor, milhões de reflexos de milhões de verdades.

Afinal, a beleza não quer saber de mesmice ou de padrões. Ela vem de dentro pra fora, promove trocas e conexões, veste todas as formas, tamanhos e ocasiões.

moda-1

Sabe os padrões? Tendência da coleção passada. No lugar deles vem a liberdade.

Estamos deixando de falar em certo vs. errado, bonito e feio ou qual o corpo do verão. Os conteúdos de beleza do YouTube convidam cada vez mais as pessoas a descobrirem suas verdades. Tem muita gente reescrevendo a própria história, encontrando seu lugar no mundo e misturando cinco cores quando é isso que o humor do dia pede.

A vida não é preto no branco. As nuances foram feitas pra gente combinar à vontade e como quiser.

moda-c2V2

No YouTube, o jeito de falar sobre vaidade, moda e dia a dia é tão acessível e aberto quanto as próprias tendências. É papo reto, de igual pra igual.

Conversa sem photoshop

Camila dos Santos, estudante de Recife (PE), conta que, muito além de fã ou seguidora, se sente amiga de quem produz o conteúdo.

moda-3

Beleza não é só um rostinho bonito. Pra quem se encontra no YouTube, nada substitui a conversa.

Quem diria? Juntos, vídeo e áudio dão as boas vindas para vários tipos de beleza que não tinham lugar para se expressar.

Linguagem de cara lavada

Youtube_Moda_5.jpg

Para o designer de produtos Tiago Curioni, de São Paulo (SP), falar com naturalidade nos vídeos é fundamental pra que ele assine o canal e vá conferir os novos conteúdos.

Youtube_Moda_4.jpg

Barriga 300% positiva. Cachos ao vento. Pelos coloridos. Barba descolorida. Desabafo sincerão.

Esses são só alguns frames de uma ideia mais democrática e empoderadora sobre o que é bonito. Diversidade é realidade. E no YouTube ela se expressa sem maquiagem.

moda-c6V2

Reflexos da vida real

Youtube_Moda_7.jpg

A assistente administrativa Simone Crys, de São Paulo (SP), encontrou nas YouTubers negras interlocutoras poderosas que refletem seus dramas, dúvidas e superações.

Youtube_Moda_8.jpg

Não se engane: a make e a pomada são só o primeiro passo dessa mudança.

Aqui a beleza não gira em torno do próprio umbigo.A visão de uma pessoa no YouTube ajuda as outras a se entenderem também. E ninguém precisa explicar como fazer: elas mesmas trocam ideia. Assim, preconceitos se transformam em empatia; competição vira solidariedade e empoderamento. Não é da noite pro dia, mas é isso que está acontecendo, em tempo real.

Definitiva, só se for a maquiagem. Estamos em transição para dar brilho às mais diversas ideias e desejos.

A fronteira entre os universos feminino e masculino é muito, mas muito mais borrada do que um dia sonharam as revistas. E o digital reafirma essa certeza dos pés à cabeça.

moda-c9V2

Tela transparente

Youtube_Moda_11.jpg

O digital trouxe a coragem que faltava para quem não se sentia à vontade para mostrar um novo ângulo de si mesmo. Para a bióloga e professora Geanne Greggio, que é trans e mora em São Paulo (SP), a internet foi um divisor de águas. E o YouTube abastece sua sede de beleza.

Youtube_Moda_10.jpg

Tipo pretinho básico, sabe?

A conversa cresceu tanto que o YouTube é como nécessaire. Vai para onde você for e já virou item de moda, beleza e estilo de vida. Porque no mobile essa conexão se repete sempre que dá vontade. Cada clique pode ser o toque que faltava pra se encontrar e ficar feliz consigo mesmo.

moda-12
Youtube_Moda_13.jpg
De Dentro para Fora