Conheça a healthtech que alia tecnologia e medicina para levar diagnóstico e atendimento de qualidade a mais brasileiros

Izabelle Macedo / Novembro de 2020

Coari, uma pequena cidade no interior do Amazonas, é um exemplo de localidade afastada de importantes centros médicos do país. Longe da capital Manaus, os 76 mil habitantes do lugar costumavam ter poucos recursos para tratar da saúde. Mas a tecnologia tem sido importante para encurtar essas distâncias. E esse tem sido o objetivo do Portal Telemedicina, ao oferecer acesso a diagnósticos rápidos e precisos para pessoas dos mais diversos lugares do Brasil.

Plataforma online criada em 2015, a healthtech tem feito a ponte entre pequenas clínicas, mesmo nos lugares mais remotos, e um corpo de médicos especializado, facilitando o encaminhamento de exames e a obtenção de resultados — tudo via internet. E todo esse processo foi viabilizado com ajuda das ferramentas do Google.

Para a efetividade da operação, a tecnologia do Portal Telemedicina foi desenvolvida juntamente com os mentores do programa Google for Startups e engenheiros do Google Cloud. E o resultado foi um fluxo automatizado de exames, capaz também de priorizar, com ajuda de machine learning e inteligência artificial, os casos mais graves durante a pandemia.

Mas como funciona a tecnologia do Portal Telemedicina?

Imagine que uma pessoa com suspeita de COVID-19 vai até a clínica em Coari. Lá, ela faz um raio-x do pulmão, que é automaticamente enviado para a base de dados da healthtech. Em questão de minutos, esse exame é comparado, com ajuda de machine learning e inteligência artificial, e o resultado indica se o caso é relativo a uma pneumonia comum ou uma pneumonia causada pelo novo coronavírus. É assim que o paciente, do outro lado, consegue ganhar tempo no tratamento.

Para que as pessoas tenham acesso a um serviço integral, a ferramenta permite acesso à uma equipe de especialistas em áreas como neurologia, cardiologia, radiologia, medicina do trabalho, pneumologia, tomografia, ressonância magnética e oftalmologia — 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Conheça a healthtech que alia tecnologia e medicina para levar diagnóstico e atendimento de qualidade a mais brasileiros

Agilidade de diagnósticos na pandemia

Uma das estratégias importantes durante a pandemia foi o treinamento de algoritmos para detectar doenças em exames. É isso que permite ao sistema classificar a fila de diagnósticos conforme a urgência.

Como os algoritmos já estavam especializados na detecção de pneumonia em um histórico de milhões de exames, a equipe da Portal Telemedicina, com acesso às ferramentas do Google Cloud, conseguiu fazer com que eles passassem a diferenciar a doença com uma precisão de até 95% e um tempo de 10 minutos para o diagnóstico.

Conheça a healthtech que alia tecnologia e medicina para levar diagnóstico e atendimento de qualidade a mais brasileiros

A inovação tecnológica da Portal Telemedicina tem possibilitado também a entrega de laudos médicos de exames a um valor reduzido para clínicas médicas em todo o país. O que, por consequência, ajuda muitos brasileiros. Os números comprovam: até agosto, 1,7 milhão de pacientes fizeram consultas a distância, em mais de 300 cidades1.

Somente o Portal Telemedicina processou aproximadamente 30 milhões de imagens de exames em seu sistema e gera cerca de 3 mil laudos diariamente com uma equipe de 30 médicos.

Conheça a healthtech que alia tecnologia e medicina para levar diagnóstico e atendimento de qualidade a mais brasileiros

Encurtando distâncias continentais

Outro serviço desenvolvido pela healthtech no período da pandemia foi a criação de aplicativos para que pacientes possam acessar uma rede de 2.500 médicos e receber orientação para marcar uma consulta com especialista, presencial ou a distância.

Com os resultados positivos na atuação e no uso das ferramentas do Google Cloud no Brasil, o Portal Telemedicina passou a atender Angola, na África, e pretende ampliar o trabalho até os Estados Unidos e a Europa. Mais um exemplo de como a tecnologia pode ajudar a conectar as pessoas e suas necessidades.

Entenda como seu app pode ser útil às pessoas durante a COVID-19